Vereador Rostand Paraíba propõe Mutirão Itinerante de testagem da Covid-19 nos bairros de Campina Grande

O vereador Rostand Paraíba (PP) apresentou requerimento na Câmara Municipal de Campina Grande propondo a realização de um Mutirão Itinerante com testagem da Covid-19 nos bairros da cidade. Segundo Rostand, o objetivo da ação é identificar pessoas que estejam com a doença, mas que não tenham sido diagnosticadas e que podem estar transmitindo o coronavírus nos locais onde tem contato com outras pessoas.

Rostand disse que o Mutirão Itinerante proporcionará mais conforto e celeridade na realização dos exames, evitando que as pessoas saiam de seus bairros para realizar o teste, o que também contribui para evitar o contágio. Além disso, proporcionará o teste a pessoas que tenham dificuldade de locomoção. Há poucos dias o parlamentar também protocolou requerimento solicitando a implantação de um Centro de Testagem na Zona Leste da cidade, em torno da Vila Olímpica Plínio Lemos, no bairro de José Pinheiro.

“É preciso monitorar as regiões com mais incidência da Covid-19, remanejando as equipes para intensificar os cuidados nas regiões que mais necessitam”, disse Rostand. Ele afirmou que a preocupação com a transmissão do novo coronavírus cresce a cada dia, com os hospitais da cidade ficando cada vez mais com seus leitos ocupados, o que preocupa as autoridades de saúde locais. Ele fez um apelo, sobretudo aos jovens, para que evitem aglomerações e tomem os cuidados necessários ao sair de casa.

“Todo jovem gosta de sair de casa, ir para um barzinho tomar sua cerveja, assistir a uma partida de futebol pela TV, junto com os amigos. Mas como está chegando a terceira onda da Covid-19, a gente tem que se cuidar. Eu gosto também de sair, visitar os amigos, tem amigo meu que tem bar, mas a gente tem que evitar as aglomerações”, alertou Rostand.

O vereador disse que, se forem sair de casa, as pessoas tem que se cuidar e seguir as recomendações básicas que evitam o contágio. “A gente tem que respeitar os protocolos sanitários, usar máscara, usar álcool em gel, para evitar o contágio, Muita gente já pegou Covid-19, muitos perderam suas vidas e agora esta doença está afetando os jovens. Eu não sou contra ninguém tomar sua cerveja ou ir para um barzinho, na hora delimitada pelos decretos, mas tem que se cuidar, ter esse ‘dever de casa’, que é andar com álcool, usar máscara e evitar as aglomerações”.

ASSESSORIA