Vacinação contra H1N1 tem baixa adesão no estado e secretário faz alerta

Em paralelo à vacinação contra a covid-19, ocorre também a vacinação contra a gripe Influenza (H1N1). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, no momento, devem se vacinar atualmente os idosos com mais de 60 anos e professores, porém, a adesão segue baixa em todo o estado.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, fez um alerta sobre o perigo da doença, qe pode ser letal, e convocou os grupos a serem imunizados para que compareçam as unidades de saúde.

– Há um índice de adesão muito baixo e isso é preocupante. É fundamental que a população se vacinem. Aqueles que se imunizam contra a covid, 15 dias depois precisam se vacinar contra a influenza, caso contrário, poderemos ter uma sobrecarga na nossa rede hospitalar com o covid e com os idosos que não se vacinam e morrem com a influenza, cuja vacinação é anual.