TCU deve proibir propaganda de uso da cloroquina por Bolsonaro, cobra MP

247 – O subprocurador Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), encaminhou pedido ao órgão para obrigar Jair Bolsonaro a parar de “propagandear o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no trato da Covid-19″. A informação é da jornalista Mônica Bergamo.

O procurador sustenta seu pedido no fato de não haver comprovação científica de que a droga seja eficaz no tratamento do novo coronavírus.

“A crua verdade é que a massa de brasileiros, em grande parte ignara e sem instrução, não tem meios nem condições de decidir pelos adequados caminhos a trilhar nesta horrível crise pandêmica”, afirma Rocha Furtado no pedido.

O subprocurador também pede que Bolsonaro repare os cofres do Estado “caso as despesas com o seu tratamento contra o novo coronavírus esteja sendo custeadas com recursos públicos”.