Senadores dos Estados Unidos pedem que Biden envie vacinas de Covid-19 para a América Latina

Influentes senadores dos Estados Unidos pediram nesta sexta-feira (14) que o governo de Joe Biden desenvolva uma “estratégia abrangente” para lidar com a crise da Covid-19 na América Latina e no Caribe, em particular enviando vacinas.

O senador democrata Bob Menéndez, à frente do Comitê de Relações Exteriores do Senado, e seus colegas Tim Kaine, democrata, e Marco Rubio, republicano, respectivamente presidente e membro do alto escalão do Subcomitê do Hemisfério Ocidental, expressaram suas preocupações em uma carta a Biden.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?client=ca-pub-6984019837263524&output=html&h=280&adk=3948366524&adf=1305581618&pi=t.aa~a.3620527942~i.3~rp.4&w=706&fwrn=4&fwrnh=100&lmt=1621469470&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=8725730655&psa=1&ad_type=text_image&format=706×280&url=https%3A%2F%2Fwww.clickpb.com.br%2Fmundo%2Fsenadores-dos-estados-unidos-pedem-que-biden-envie-vacinas-de-covid-19-para-america-latina-306905.html&flash=0&fwr=0&pra=3&rh=177&rw=706&rpe=1&resp_fmts=3&wgl=1&fa=27&uach=WyJXaW5kb3dzIiwiNi4xIiwieDg2IiwiIiwiOTAuMC40NDMwLjIxMiIsW11d&tt_state=W3siaXNzdWVyT3JpZ2luIjoiaHR0cHM6Ly9hZHNlcnZpY2UuZ29vZ2xlLmNvbSIsInN0YXRlIjo2fSx7Imlzc3Vlck9yaWdpbiI6Imh0dHBzOi8vYXR0ZXN0YXRpb24uYW5kcm9pZC5jb20iLCJzdGF0ZSI6N31d&dt=1621469470817&bpp=25&bdt=2578&idt=-M&shv=r20210517&cbv=%2Fr20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3Defccdc52cf4dd621-22477826d4b300b4%3AT%3D1621296262%3ART%3D1621296262%3AS%3DALNI_Maa2j5LJHYqq6LMOV7J0iwBj-6P9g&prev_fmts=0x0&nras=2&correlator=6377728846616&frm=20&pv=1&ga_vid=1725786377.1621296260&ga_sid=1621469469&ga_hid=584401386&ga_fc=0&u_tz=-180&u_his=18&u_java=0&u_h=768&u_w=1366&u_ah=728&u_aw=1366&u_cd=24&u_nplug=3&u_nmime=4&adx=332&ady=868&biw=1349&bih=600&scr_x=0&scr_y=0&eid=31061240%2C21067496&oid=3&pvsid=4371002717888593&pem=885&ref=https%3A%2F%2Fwww.clickpb.com.br%2Fmundo%2F&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C0%2C1366%2C728%2C1366%2C600&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=128&bc=31&ifi=2&uci=a!2&btvi=1&fsb=1&xpc=vc5i9j7MgP&p=https%3A//www.clickpb.com.br&dtd=149

“É crucial que os Estados Unidos expandam seus esforços para garantir que as pessoas mais vulneráveis do mundo sejam vacinadas”, escreveram eles. Nesse contexto, “pedimos que seja considerado especificamente o hemisfério ocidental”.

Eles observaram que, até agora, 77% dos que viajaram aos Estados Unidos vêm da América Latina e do Caribe, muitos para visitar familiares.

“Dada a frequência e o número de pessoas que viajam entre a região e os Estados Unidos, recomendamos o rápido desenvolvimento de um plano para compartilhar vacinas com os países necessitados”, disseram.

Os legisladores elogiaram o governo Biden por sua anunciada disposição de enviar vacinas contra a covid-19 para o México e o Canadá, e incentivaram a mesma disposição para a República Dominicana, Haiti, Jamaica, Bahamas e outros países do hemisfério.

Os Estados Unidos disseram no fim de abril que planejam enviar para outros países até 60 milhões de doses da vacina contra o coronavírus da AstraZeneca que não seriam necessárias internamente. Porém, não especificaram quantidades, datas ou países.

Menéndez, Kaine e Rubio ressaltaram “os benefícios estratégicos e de segurança nacional” de facilitar o acesso às vacinas para os vizinhos.

“Sem o compromisso e a liderança dos Estados Unidos, nossos concorrentes continuarão se esforçando para aproveitar suas vacinas menos eficazes para coagir os países da América Latina e do Caribe a apoiar uma agenda diplomática hostil à nossa”, alertaram.

Como exemplo, apontaram que no início de 2021 a China prometeu envios de vacinas para o Paraguai “em troca do governo paraguaio deixar de reconhecer Taiwan”.

A América Latina e o Caribe têm aproximadamente um terço do total de mortes por Covid-19 no mundo.

Fonte: Istoé