‘Se avexe não’: maioria dos vereadores de Pocinhos defende recesso de quatro meses e rejeita projeto que reduziria ‘férias’ para 75 dias

A emenda à Lei Orgânica foi uma proposta de autoria do vereador Henrique Albuquerque. O projeto foi reprovado já que só teve a assinatura do próprio autor e do vereador Gean.

A maioria dos vereadores da Câmara de Pocinhos, na Paraíba, rejeitou o projeto de lei que reduziria o recesso de 120 para 75 dias. Apenas três vereadores estavam a favor e um deles não pode comparecer à sessão.

A emenda à Lei Orgânica foi uma proposta de autoria do vereador Henrique Albuquerque. O projeto foi reprovado já que só teve a assinatura do próprio autor e do vereador Gean. O vereador Paulinho também havia se manifestado a favor, mas não pode ir à sessão dessa segunda-feira (30), segundo informações obtidas pelo ClickPB.

Os demais oito vereadores votaram contra, mantendo o período de descanso em 120 dias, o que resulta em quatro meses do ano sem atividade legislativa no plenário da Câmara e apenas oito meses de atividades na Casa Legislativa.

O ClickPB disponibiliza o e-mail redacao@clickpb.com.br para obter a resposta da Câmara de Pocinhos e dos vereadores.

Fonte: ClickPB