Rejeição de contas de Luciano Cartaxo poderá tornar ex-prefeito de João Pessoa inelegível pelos próximos oito anos

A rejeição das contas da Prefeitura de João Pessoa referentes a 2019, poderá deixar o ex-prefeito da cidade, Luciano Cartaxo, inelegível por oito anos. As contas foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) na manhã desta quarta-feira (26).

O parecer do TCE-PB será enviado para votação na Câmara Municipal de João Pessoa e é lá que será decidido se Cartaxo ficará inelegível ou não.

Como o ex-prefeito já não tem uma maioria de apoiadores da Casa, a expectativa é de que os vereadores acatem a decisão do TCE-PB. Dessa forma, Luciano Cartaxo já não poderia concorrer nas próximas eleições, em 2022.

Para prevalecer, a decisão pela reprovação das contas e inelegibilidade do ex-prefeito precisa ser aprovada por pelo menos dois terços dos vereadores. Sem isso, o parecer do TCE-PB não é suficiente para tornar Cartaxo inelegível. Ainda não há data definida para a apreciação do parecer pela Câmara Municipal.

Fonte: ClickPB