Recordista mundial de atletismo morre esfaqueada dentro de casa

Vizinhos ouviram discussão na noite anterior. Marido de Agnes Jebet Tirop é o principal suspeito e segue desaparecido

A Federação Queniana de Atletismo confirmou, nesta quarta-feira (13), a morte de Agnes Jebet Tirop, a quarta colocada dos 5.000 metros nas Olimpíadas de Tóquio e recordista mundial nos 10.000 metros. A atleta foi encontrada morta, em casa, com sinais de facadas.

O marido de Agnes Jebet Tirop, que é policial, é o principal suspeito do assassinato e segue desaparecido.

Há cerca de um mês, a corredora de 25 anos havia quebrado o recorde mundial dos 10 km em provas de rua.

Segundo a Federação Queniana de Atletismo, o corpo de Agnes Jebet Tirop foi encontrado por vizinhos, que relataram ter ouvido uma discussão na noite anterior.

Além de recordista mundial dos 10.000 metros, Tirop foi a terceira colocada no mundial de 2019 dos 5.000 metros.

Ela também conquistou o campeonato de Cross Country Sênior em 2015, sendo a segunda atleta mais jovem a subir ao pódio na história da competição.

A estrela queniana vivia para correr, sempre com um sorriso no rosto.

Fez muito sucesso nas ruas e nas pistas pelo mundo todo e vai deixar saudades…

Fonte: R7 com informações do Lance