Prefeito do Ingá Robério e o deputado João Gonçalves em reunião com diretoria da Energisa definiram início dos serviços no Ananias ll

A falta do fornecimento de água e energia elétrica no setor urbano de Ingá denominada Ananias II, também conhecido como Baraúnas, é um problema que persiste há cerca de 11 anos, devido sua ocupação não ter sido de forma planejada como normalmente se procede nos loteamentos legalizados, o que dificulta a atuação das empesas fornecedoras como Cagepa e Energisa.

Na manhã desta segunda-feira (12), o prefeito Robério Burity, acompanhado do deputado estadual João Gonçalves voltou à sede da Energisa em João Pessoa, onde foi recebido pelo Diretor Presidente da empresa, Marcio Zidan, Aracoeli Trigueiro- Assessor Institucional Energisa e Felipe Costa, Gerente de Clientes, tendo como pauta as obras de instalação dos equipamentos para proporcionar o fornecimento de energia elétrica aos moradores do bairro Ananias II.

A Energisa justificou o atraso na execução do projeto, explicou as etapas seguintes como a tomada de preços de postes e aquisição dos equipamentos, e  marcou para o mês de outubro o início das instalações necessárias para solucionar o problema, no que deverá finalizar em novembro deste ano de 2021.

A parte burocrática que cabia a prefeitura já foi realizada com a aprovação pela Câmara Municipal de Ingá do Projeto Nº 001/2021 do executivo municipal, que trata sobre a extensão da zona urbana, incluindo a área do bairro Ananias II, publicado no Diário Oficial do Município em 22 de fevereiro de 2021.

“Estamos na luta em busca de soluções para o problema do Ananias II, problemas estes que começaram há onze anos e veio se acentuando com o crescimento da cidade ao longo do tempo. A solução deste problema da energia é mais uma promessa de campanha que está perto se realizar. Com muito trabalho, empenho e fé em Deus iremos conseguir” – Afirmou o prefeito Robério Burity.

Ingá Cidadão