Polícia prende trio suspeito de matar idosa após invasão de residência em Barra de Santa Rosa

Após um mês da morte de uma idosa em um sítio da zona rural de Barra de Santa Rosa, a Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta segunda-feira (5) dois homens e apreendeu um adolescente de 17 anos de idade, suspeitos de invadir uma casa no Sítio Salgado de Souto, em 05 de junho, e atirar contra a idosa Maria das Mercês Silva Lopes e seu esposo, Francisco Soares Lopes. Maria foi atingida e socorrida ao Hospital de Traumas de Campina Grande, onde passou 25 dias internada, mas veio a óbito no dia 30 de junho.

Após atirar contra o casal, os assaltantes fugiram da residência levando alguns objetos da casa. A Polícia Civil iniciou as investigações e prendeu, hoje, os três suspeitos do latrocínio. Na casa de um deles, os policiais encontraram uma espingarda de fabricação caseira.

“O autor do disparo não só confessou o crime como apontou os outros três comparsas que agiram com ele. Dois deles nós conseguimos prender, e o outro está foragido”, disse o delegado Dércio Sousa, que preside o inquérito policial. 

Os três investigados foram presos nas zonas rurais de Barra de Santa Rosa e de Sossego. A Polícia Civil ainda realizou diligências no município de Damião, à procura do quarto suspeito, mas ele continua foragido. “Esse foi quem arquitetou todo o plano do crime”, frisou o delegado.

Os dois homens presos e o menor apreendido estão à disposição da justiça.

Fonte: ClickPB