“Não há a mínima possibilidade do governador da Paraíba nem o Cidadania da Paraíba apoiar reeleição do presidente do Brasil”, declara João Azevêdo

Azevêdo ainda informou que conversou com o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, e deixou claro que não apoiaria a reeleição do atual presidente do País.

O governador João Azevêdo (Cidadania) declarou que não irá apoiar a reeleição do atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), assim como o Cidadania da Paraíba, em 2022. A informação foi dada à imprensa, no domingo (08), no Sertão do Estado, durante o voo inaugural de Recife a Patos. O chefe do Executivo já havia deixado claro que não teria políticos apoiadores de Bolsonaro.

Azevêdo ainda informou que conversou com o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, e deixou claro que não apoiaria a reeleição do atual presidente do País. O governador também foi questionado se o ex-presidente do Brasil Luis Inácio Lula da Silva, se teria dois palanques na Paraíba, e respondeu que se Lula quiser terá o apoio dele. Sobre questão de escolha depende do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Eu pertenço a um partido chamado Cidadania. O Cidadania a princípio estava com a proposta de lançar uma candidatura própria. Essa candidatura não vingou e então é provável que o Cidadania avance para apoiar alguma candidatura. Eu estive com o presidente do partido e pedi que o Cidadania da Paraíba tivesse a liberdade e a independência de escolher o seu próprio caminho”, frisou. 

Ainda de acordo com governador, reafirmou que não apoia o atual nome do presidente. “Não há a mínima possibilidade do governador da Paraíba nem o cidadania da Paraíba apoiar a reeleição do atual presidente do Brasil”, afirmou, como repassado pelo programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, desta segunda-feira (09), como acompanhou o ClickPB.

Fonte: ClickPB