Hospital de Clínicas de Campina Grande vai realizar 500 cirurgias por mês

Com a diminuição dos casos e internações por covid-19 na Paraíba, o Hospital de Clínicas de Campina Grande (HCCG) se prepara para atender outras demandas na área da Saúde.

O hospital está sendo preparado para, a partir de outubro, abrir um bloco cirúrgico e ofertar cirurgias eletivas à população que aguarda por esse procedimento.

De acordo com o médico Jhony Bezerra, diretor geral do HC, está prevista a realização de 500 cirurgias por mês no hospital a partir de outubro, dentro do programa Operara Paraíba.

“Serão realizadas 3.500 cirurgias nos meses de agosto, setembro e outubro. A partir de outubro, inicia o HC e a gente consegue incrementar essa meta de fazer no mínimo 500 por mês e a perspectiva é chegar seis mil até o fim do ano”, explicou Jhony ao Blog.

Serão realizadas cirurgias de vesícula, hérnia, histerectomia, ovários, miomas, catarata e cirurgias da área de otorrinolaringologia.

O programa Opera Paraíba foi retomado na semana passada e já realizou procedimentos nos municípios de Mamanguape, Picuí e Campina Grande.