Forte terremoto na Argentina balança prédios em São Paulo e Minas Gerais

Terremoto com magnitude de 6,8 foi registrado no começo da noite desta terça-feira na região Norte da Argentina e foi percebido no Brasil.

Um forte terremoto de magnitude 6,8 atingiu o norte da Argentina na noite desta terça-feira (10). De acordo com o USGS, o serviço geológico dos Estados Unidos, o abalo sísmico teve magnitude de 6,8 e seu epicentro se deu a 78 quilômetros a Noroeste de San Antonio de los Cobres, na região de Salta e Jujuy e perto do Atacama chileno.

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) também recebeu reportes de tremores no interior, na Grande São Paulo. O abalo foi sentido ainda no Triângulo Mineiro, em Minas Gerais. São vários relatos da cidade de Uberlândia de residentes que sentiram seus prédios balançarem no começo da noite desta terça. No bairro Santa Mônica, moradores de um edifício foram para a rua com a oscilação do edifício e acionaram a Defesa Civil municipal para vistoriar a estrutura.

Um morador de Osasco, na Grande São Paulo, afirmou que sentiu o prédio balançar. “Eu moro em Osasco no 13° andar de um prédio, e nosso prédio balançou bastante”, afirmou, em uma rede social.

Moradores do Centro da capital e no interior do estado também disseram ter sentido o tremor por volta de 20h. “Acabei de sentir um tremor, balançou um apartamento em Indaiatuba”, afirmou outro internauta, no Twitter.

O Corpo de Bombeiros informou que não recebeu nenhum chamado para esse tipo de ocorrência.

O terremoto, de forte intensidade, foi registrado a uma profundidade de 176 quilômetros na região de Jujuy, por volta das 20h, em área próxima à fronteira com o Chile e a Bolívia.

Fonte: G1