Dupla que roubou pertencentes avaliados em mais de R$ 1 milhão de apartamento de luxo em João Pessoa agiu com frieza e ousadia, diz delegado

A Polícia Civil investiga o caso, mas a dupla ainda não foi identificada e presa.

Os dois homens que entraram em um apartamento de luxo, no bairro do Altiplano, em João Pessoa, e roubaram joias e outros objetos avaliados em mais de R$ 1 milhão, agiram com frieza e ousadia, de acordo com o delegado titular de Crimes contra o Patrimônio da Capital, Alexandre Fernandes. O caso aconteceu no último sábado (14), mas as imagens só foram divulgadas ontem (16), após o proprietário chegar de uma viagem e encontrar o imóvel revirado. A Polícia Civil investiga o caso, mas a dupla ainda não foi identificada e presa. 

“O trabalho está sendo realizado porque o fato ocorreu no sábado e a polícia só foi acionada quando o proprietário percebeu a violação do domicílio dele, praticamente 24h depois, o que deu uma certa vantagem as pessoas que cometeram o crime, mas estamos diligenciando procurando identificar cada um dos envolvidos”, disse o delegado, em entrevista ao Bom Dia Paraíba, da TV Cabo Branco.

O delegado classificou como ousada a ação da dupla ao entrar no condomínio em plena luz do dia, mesmo sabendo da existência de câmeras. Além disso, Alexandre Fernandes acredita que os dois homens sabiam que a família não estaria no local naquele dia em que foi realizado o roubo. Os assaltantes ainda sabiam do código de acesso ao apartamento. A Polícia Civil trabalha para identificar e qualificar os envolvidos. 

Ainda de acordo com Alexandre Fernandes, a dupla agiu com frieza, mas destacou também falhas na segurança do condomínio de luxo. “Frieza, o que chamou a atenção mesmo, e em plena a luz do dia se apresentaram no edifício que tem, em tese, ou era para ter, certas medidas de segurança que não foram observadas, isso é fato, e franquearam acesso a pessoas que não tinham relação com moradores ou não tinham nada para fazer naquele local”, frisou, como acompanhou o ClickPB. 

Fonte: ClickPB