Defensoria Pública leva atendimento itinerante a Ingá de 1º a 3 de julho

A população de Ingá que necessita da Justiça, mas não pode pagar um advogado terá a oportunidade de ser atendida pela Defensoria Pública do Estado (DPE-PB) no período de 1º a 3 de julho  através do projeto Defensoria Itinerante. A unidade móvel da DPE vai estacionar nas proximidades do Clube União Cultural Ingaense, praça Antenor Navarro, Centro. Os atendimentos vão acontecer das 8h às 16h nos dois primeiros dias e até meio dia no último dia.

Para evitar aglomeração, o atendimento é limitado a 60 por dia, com distribuição de fichas a partir das 7h30. Todas as medidas de prevenção à contaminação da Covid-19 deverão ser cumpridas, como o uso obrigatório de máscara e álcool em gel, além do distanciamento social.

A unidade móvel da Defensoria Pública é equipada com quatro escritórios. Participam da ação assessores jurídicos do projeto Balcões de Direitos, coordenados por um defensor público. Grande parte das demandas que chega à Defensoria pela Itinerante é na área de Família, como divórcio, pensão alimentícia, adoção, interdição, união estável e reconhecimento de paternidade. Contudo, a Defensoria atua em todas as áreas ligadas à Justiça estadual, ou seja, Cível, Criminal e Fazenda Pública.

DOCUMENTOS – Para obter a assessoria jurídica gratuita, os interessados devem levar documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência), além dos documentos que tenham ligação com o assunto para o qual o cidadão deseja atendimento.

Inga Cidadão