Aguinaldo diz que momento é de trabalho e só trata de eleições em 2022, mas antecipa que estará à disposição para o que o partido decidir

Falando ao Blog do Edil Francis, por ocasião das comemorações dos 136 anos de emancipação política de Soledade, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), destacou sua atuação em prol do município, através da destinação de recursos provenientes de emendas parlamentares.

Ele disse quea já estão liberados mais de R$ 10 milhões, distribuídos em obras e ações na área da Saúde, em pavimentações e na construção do novo matadouro público da cidade, orçada em R$ 1 milhão.

Aguinaldo adiantou que já há recursos garantidos para os exercícios de 2021 e 2022 e que a parceria existe principalmente porque o prefeito Geraldo Moura (PP) realiza uma “administração muito competente”.

Ao referir-se a Campina Grande, o progressista afirmou que “por razões óbvias” (ele é filho da cidade) sempre manteve com ela estreita relação e citou como exemplos recentes de sua atuação como ministro (das Cidades) e como deputado, a construção do Complexo Habitacional Aluízio Campos, orçado à época em R$ 250 milhões, a Alça Leste, para a qual destinou R$ 15 milhões e a urbanização do Açude de Bodocongó, com a qual colaborou com R$ 20 milhões.

Aguinaldo disse que esteve recentemente com o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD), com o intuito de reforçar a parceria com a Rainha da Borborema. Ele revelou que sempre manteve contato com o governador João Azevêdo (Cidadania) e destacou que “é importante que tenhamos essa maturidade, e que ela se transforme em benefícios para o povo”.

Ao comentar sobre a possibilidade de concorrer à vaga de senador em 2022, bem como uma possível postulação do seu sobrinho, o vice-prefeito de Campina Grande, Lucas Ribeiro (PP), Aguinaldo pontuou que o momento pede respeito às famílias afetadas pela pandemia do coronavírus, e que o importante agora é trabalhar para “trazer recursos para os municípios”.

Ele observou que atuará nas eleições vindouras de acordo com o que o partido decidir.

“Ano de eleição é o ano vindouro. No momento certo, estarei à disposição para o que o partido definir”, arrematou.