A FORÇA DO OURO BRANCO ORGÂNICO QUE RENASCE COM O FOMENTO DO PREFEITO ROBÉRIO BURITY

Prefeitos e entidades prestigiam o lançamento da safra 2022 do Algodão Orgânico Paraíba em Ingá

Prefeitos do Vale do Paraíba, secretários de estado, representantes de entidades, associações, sindicatos e agricultores participaram do evento de lançamento da safra 2022 do Algodão Orgânico Paraíba, realizado no Clube Industrial de Ingá, PB.

O prefeito Robério Burity, anfitrião do evento, mostrou a evolução do programa que resgatou a cultura do algodão na região, iniciado por Ingá em 2021 e expandido nas cidades vizinhas como em Riachão do Bacamarte com o prefeito Ari, trazendo a versão orgânica que agrega mais valor ao produto e que já começa a atrair as novas gerações para ingressar nas atividades da agricultura familiar.

Por ocasião do evento, o agricultor de maior área plantada e o agricultor que mais colheu em 2021, ganharam uma bicicleta cada das mãos do prefeito Robério como forma de incentivo.

O prefeito Robério também incentivou e reativou as Associações Rurais e Central das Associações, indo mais além,  criando uma Cooperativa Agrícola que facilita o acesso aos insumos e financiamentos bancários, sendo que os frutos já começam a aparecer.

prefeito Robério e o deputado João Gonçalves demonstram o funcionamento da máquina descaroçadeira de algodão

Foi adquirida uma máquina descaroçadeira de algodão que elevará a um novo patamar a relação comercial entres agricultores, indústria têxtil e produtores de moda, cujo o desfile de modelos com a coleção orgânica mostrou todo seu potencial internacional.

desfile de peças do vestuário produzidas com o algodão orgânico que ganha o mercado nacional e internacional

Com esse novo maquinário a colheita do algodão orgânico vendida em 2021 a R$ 3,60 o quilo, agora sem o caroço, passará a ser vendido por cerca de R$ 14,00 em 2022 com produto beneficiado.

Já se vislumbra uma nova parceria pública/privada em Ingá para o treinamento de mão de obra especializada na produção de redes e produtos de decoração, contando com bolsa incentivo aos participantes por parte da prefeitura e compra da produção em tecido de algodão orgânico por parte do empresariado, cujo treinamento será iniciado no Clube União Cultural Ingaense.

prefeito Robério, empresário Armando Dantas e representantes do Senai e Fiep

Para atender está nova demanda e com o interesse maior por parte dos agricultores, a área plantada do algodão em Ingá será ampliada para 130 hectares. E para tanto, o prefeito Robério Burity adquiriu no estado da Bahia,  uma tonelada de sementes do algodão orgânico colorido para o plantio da safra 2022. A meta do prefeito Robério é que Ingá atinja não só uma safra historicamente recorde, mas também que o município seja um grande celeiro de sementes selecionadas do algodão orgânico.

Embora que o algodão seja uma cultura resistente, os agricultores esperam em Deus um bom inverno e uma safra recorde.

O prefeito Robério Burity em sua fala ainda ressaltou o reconhecimento do trabalho de Dona Lia do Memorial do Cuscuz, hoje conhecida nacionalmente, e o trabalho das labirinteiras.

Prefeitos, vereadores, deputado João Gonçalves e o secretário Jonildo Cavalcanti também deixaram sua impressão a respeito do resgate da cultura do algodão na região.

Municípios representados: 

Ingá, prefeito Robério Lopes Burity;

Riachão do Bacamarte, prefeito José de Arimatéia;

Serra Redonda, prefeito Francisco Bernardo;

Juarez Távora, representado por membros das associações e sindicato rural;

Itatuba, prefeito Josmar Lacerda;

Mogeiro, vice-prefeito José Neto;

Salgado de São Félix, representado pelo secretário municipal da agricultura e membros do conselho rural e associção;

Itabaiana, prefeito Lúcio Flávio;

São José dos Ramos, prefeito Matheus Amorim;

Juripiranga, prefeito Tom Maroja;

Gurinhém, vice-prefeito Itamar Ribeiro;

São Miguel de Taipu, prefeito Laelson Albuquerque;

Sobrado, prefeito Olinaldo Martins.

Redação, Assessoria e IC